acesso gratis

Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

http://joaosezures.blogs.sapo.pt

<div align=center><a href='https://contador.s12.com.br'><img src='https://contador.s12.com.br/img-103A7b0BAyba481z-24.gif' border='0' alt='acesso gratis'></a><script type='text/javascript'

http://joaosezures.blogs.sapo.pt

<div align=center><a href='https://contador.s12.com.br'><img src='https://contador.s12.com.br/img-103A7b0BAyba481z-24.gif' border='0' alt='acesso gratis'></a><script type='text/javascript'

20
Mai22

Momento de Poesia

Alegria

O Domingo

 

Tocam os sinos na minha aldeia

E a minha alma fica cheia

De muita alegria e vigor;

E dia de cumprimentar

E com os amigos poder estar

É também dia do Senhor.

 

Dia de reunir a familia

Esquecer toda a quezilia

Que exista entre as pessoas;

Viver este dia com amor

Torna-lo num dia melhor

Para viver horas boas.

 

Dia de pelo campo passear

Pela praia ou à  beira mar

Viver momentos de alegria;

Com a família ou amigos

Ultrapassar todos os perigos

Que nos embaraçam o dia.

 

Vamos viver este domingo

Cantando, abraçando e rindo

Com amizade e carinho;

Chamar toda a gente

Vamos pois em frente

Espalhar rosas pelo caminho.

 

É Domingo, dia de folia

Amizade e muita alegria

Vamos viver com amor;

Amanhã pode ser diferente

Se toda a nossa gente

Lhe der o devido valor.

 

Vamos festejar mais um dia

Que não falte em nós aalegria

Para enfrentar o amanhã ;

Assim encontramos coragem

Para seguir esta viagem

Que em nós não seja vã.

 

Dia de repouso e lazer

Vamos pois dele fazer

Um dia sem igual;

Tenhamos muita fé

Porque com ela a vida é

Muito mais especial.

 

Autor: João (Alegria) Rodrigues

 

 

19
Mai22

Momento de Poesia

Alegria

O Domingo

 

Tocam os sinos na minha aldeia

E a minha alma fica cheia

De muita alegria e vigor;

E dia de cumprimentar

E com os amigos poder estar

É também dia do Senhor.

 

Dia de reunir a familia

Esquecer toda a quezilia

Que exista entre as pessoas;

Viver este dia com amor

Torna-lo num dia melhor

Para viver horas boas.

 

Dia de pelo campo passear

Pela praia ou à  beira mar

Viver momentos de alegria;

Com a família ou amigos

Ultrapassar todos os perigos

Que nos embaraçam o dia.

 

Vamos viver este domingo

Cantando, abraçando e rindo

Com amizade e carinho;

Chamar toda a gente

Vamos pois em frente

Espalhar rosas pelo caminho.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

É Domingo, dia de folia

Amizade e muita alegria

Vamos viver com amor;

Amanhã pode ser diferente

Se toda a nossa gente

Lhe der o devido valor.

 

Vamos festejar mais um dia

Que não falte em nós aalegria

Para enfrentar o amanhã ;

Assim encontramos coragem

Para seguir esta viagem

Que em nós não seja vã.

 

Dia de repouso e lazer

Vamos pois dele fazer

Um dia sem igual;

Tenhamos muita fé

Porque com ela a vida é

Muito mais especial.

 

Autor: João (Alegria) Rodrigues

 

 

11
Mai22

Momento de Poesia

Alegria

Saudade da vida aldeã

 

Saudades que me vão ficando

Dos campos da minha aldeia,

Do nascer do sol brilhando

Do luar da lua cheia.

 

Saudades das sementeiras

Da batata e do feijão,

Das malhadas nas eiras

Dos tempos que já lá vão.

 

Dos caminhos sinuosos

Que nos levavam aos campos,

Dos ventos tempestuosos

Mesmo assim com seus encantos.

 

Da charrua que a terra lavrava

Dos animais que a puxavam,

Do passarinhoque atrás cantava

E os seus chilreios nos encantavam.

 

Das sachas do milho

Das mondas do trigo e do centeio,

De tudo o que dá brilho

Aos campos e seu recheio.

 

Das ceifas do trigo e do centeio

Das desfolhadas do lindo milho,

Cantando versos pelo meio

Entoando o seu lindo estribilho.

 

 Das vindimas os cachos tão apreciados

Nos nossos cestos a brilhar,

E no final do dia são esmagados

Das horas passadas no lagar.

 

A feitura dos bons vinhos

As aguardentes no alambique,

A amizade dos meus vizinhos

Que a disputam ao despique.

 

Saudade dos dias de chuva e frio

Quando o calor nos abandona,

Vem então mais um desafio

Que é a apanha da azeitona.

 

Dos frios invernos passados à lareira

Com os cepos de pinho a arder,

Das panelas de água cheias

Para as refeições poder fazer.

 

Saudade eu sinto agora

Dos meus tempos de criança,

Da vida que tive outrora

Do carinho da vizinhança.

 

São assim as nossas lembranças

De toda a nossa mocidade,

É assim a diferença que se alcança

Entre a aldeia e a cidade.

 

Autor: João Alegria Rodrigues

 

 

 

11
Mai22

Momento de Poesia

Alegria

Ecos da minha aldeia

 

Apetece-me gritar

Pela encosta do monte

Pelo aroma que há no ar

Pela água daquela fonte.

 

Chamar pelos passarinhos

Ouvir seus cantares

Subir até aos ninhos

Sentir o eco dos seus piares.

 

Gritar lá no meio da serra

Até esse grito voltar a mim

Sentir o aroma da terra

Apanhar a flor do alecrim.

 

Ouvir o cantar do galo

Naquelas madrugadas

Sentir o grande regalo

Do trinar das badaladas.

 

O eco dos sinos na torre

No campanário da igreja

Até o som quando morre

Nos ouvidos e quem solfeja.

 

Sentir o eco da madrugada

Depois de uma noite dormida

Descer por aquela calçada

Viver com um sorriso a vida.

 

Autor: João (Alegria) Rodrigues

 

 

 

 

06
Mai22

Momento de Poesia

Alegria

A Romeira

 

- Onde é que vais tão garrida,

Lenço azul, saia vermelha;

Pareces mais crescida

Ai, filha, fazes-me velha!

    Mas... ainda agora eu reparo

    Cordão novo e arrecadas!

    Onde vais nesse preparo

    E com estas madrugadas?

- Onde vou? À romaria

Da Senhora da Bonança.

Querem ver que não sabia

Que era hoje? Ai que lembrança!

    - Que queres tu, rapariga,

    Se toda a minha canseira

    É fiar a minha estriga

    Ao canto desta lareira.

 

Ora o Senhor vá contigo!

- Fique em paz minha madrinha.

- A casa voltes sem perigo,

Olha lá, vem à noitinha!

    - Ai venho logo às trindades:

    Que é que quer que eu lhe traga?

    - Como me levas saudades

    Traz-me saudades em paga.

- Pois trarei e até à vinda,

Adeus que há muito amanhece.

- Vai, que romeira tão linda

É que lá não aparece.

     (Poesias de Julio  Dinis  1857)

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Favoritos

Links

  •  
  • Arquivo

      1. 2023
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2022
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2021
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2020
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2019
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2018
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2017
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2016
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2015
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2014
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2013
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2012
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2011
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2010
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2009
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2008
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2007
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2006
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D