acesso gratis

Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

http://joaosezures.blogs.sapo.pt

<div align=center><a href='https://contador.s12.com.br'><img src='https://contador.s12.com.br/img-103A7b0BAyba481z-24.gif' border='0' alt='acesso gratis'></a><script type='text/javascript'

http://joaosezures.blogs.sapo.pt

<div align=center><a href='https://contador.s12.com.br'><img src='https://contador.s12.com.br/img-103A7b0BAyba481z-24.gif' border='0' alt='acesso gratis'></a><script type='text/javascript'

25
Fev22

Momento de Poesia

Alegria

Elétrico 1.jpeg

O elétrico da Carris

 

Quem tem saudades e me diz

Do velho amarelo da Carris

Que na cidade vai rolando;

Com a corrente vinda do alto

Vai andando pelo asfalto

E pela praça vai parando.

 

Com o seu guarda-freio

Que o mantém bem no meio

Das linhas ali pelo chão;

Vai andando pela cidade

Sem mostrar a sua idade

Dos tempos que já  lá  vão.

 

Quantas saudades eu sinto

Daquele velho recinto

Onde a viagem terminava;

Em trabalho ou em passeio

Muitas vezes este meio

Eu sempre utilizava.

 

Puxando a corda da campainha

A sensação que eu tinha

Quando chegava à paragem

Sentir o prazer de andar

E sentir o elétrico a chiar

Durante toda a viagem.

 

Hoje o tempo está a mudar

Já não tem corda para puxar

A campainha é botão;

Os percursos são menores

Os turistas são senhores

Deste transporte pois então.

 

Mas eu de vez quando

Vou uma voltinha dando

Neste transporte especial;

Como é belo viajar

E de elétrico poder andar

Nesta cidade capital.

 

Autor: João (Alegria) Rodrigues

 

 

 

24
Fev22

Momento de Poesia

Alegria

 

Momento de poesia 

A Vida II

 A vida á um mar de ilusões

De alegrias e paixões

Tempestades e bonança;

Cheia de carinhos e beleza

E tudo o que a Natureza

Deixa na nossa lembrança.

 

É uma pena de escrever

Um caderno de apontamentos

Cheio de alegrias e lamentos

E tudo nos vai reservando;

É uma viagem sem retorno

Como o calor de um forno

Que nos vai abrasando.

 

A vida começa na primavera

Brotando como as flores

Que cheia de mil cores

Vai trazendo alegria e paixão;

E assim nos vai sorrindo

Como botão de rosa abrindo

As pétalas do nosso coração.

 Ao chegar o abrasador estio

Tudo brilha, tudo é paixão

E até o nosso coração

Tem mais encanto e beleza;

Vivemos um enorme fulgor

Tudo em nós é alegria e amor

Como é bela a Natureza!

 

Quando chega o nosso Outono

Logo as folhas vão caindo

E as árvores se estão despindo

Anunciando o fim da jornada;

Vamos caminhando mais devagar

E assim podermos encontrar

A nossa paz tão desejada.

 

Chegamos por fim à meta

E vem aí o penoso inverno

Tremendo e doloroso inferno

Anunciando afinal a partida;

Vivemos de funestas ilusões

Dando esperança aos corações

Foi assim a nossa vida.

 

Autor: João(Alegria) Rodrigues

 

 

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Favoritos

Links

  •  
  • Arquivo

      1. 2023
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2022
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2021
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2020
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2019
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2018
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2017
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2016
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2015
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2014
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2013
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2012
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2011
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2010
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2009
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2008
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2007
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2006
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D