acesso gratis

Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

http://joaosezures.blogs.sapo.pt

<div align=center><a href='https://contador.s12.com.br'><img src='https://contador.s12.com.br/img-103A7b0BAyba481z-24.gif' border='0' alt='acesso gratis'></a><script type='text/javascript'

http://joaosezures.blogs.sapo.pt

<div align=center><a href='https://contador.s12.com.br'><img src='https://contador.s12.com.br/img-103A7b0BAyba481z-24.gif' border='0' alt='acesso gratis'></a><script type='text/javascript'

19
Set19

Anedotas

Alegria

 

A Aposta

 Estando três indivíduos juntos, um português, um americano e um francês, resolveram criar uma aposta, afim de verem quem seria o mais mentiroso e. assim ganhar a aposta.

- O americano começou assim:

- O meu avô era tão alto, tão alto, que conseguia meter uma bola de basquetebol, num cesto tão alto,

como a Estátua da Liberdade, sem precisar de saltar.

- Replicou logo o francês:

- Ora! Ora! Isso não é nada. O meu avô era muito mais alto. Tão alto, tão alto, que conseguia apanhar objetos

estranhos acima das nuvens.

- O português desatou a rir.

- Hi!... hi!... hi!... Vocês sabem quais eram esses objetos estranhos? Pois claro que não sabem. - Hi!...hi!...hi!...

Eram os tomates do meu avô.

 

A Ásia do Frango

 Uma loira diz a outra:

 - Diz aqui no jornal que com a gripe das aves comer carne de frango não é recomendável.

 - Ora bolas, e eu que gosto tanto de frango...

 - Ah, espera, mas parece que é só na Ásia!

 - Ainda por cima! Logo na parte que eu mais gosto!

 

A Loira e o carteiro

 Estava um carteiro a distribuir cartas num bairro pela altura da Páscoa e como ele já era conhecido na zona as pessoas costumavam dar-lhe algum dinheiro. Ele ia ele de porta em porta e recebia 5€, 10€ até que chegou a uma porta em que uma loira de 1,90m o atendeu e disse-lhe para entrar, ele lá entrou, depois ela disse-lhe para subir com ele para o quarto, e lá foram os dois e começaram a fo**r.. Quando acabaram ela disse-lhe para ele ir á cozinha com ela, lá ela puxa da carteira e dá-lhe 1€. O carteiro não entendeu e perguntou porque tinha feito aquilo: - Foi o que o meu marido me disse para fazer: Fode o carteiro, dá-lhe 1€!

 

 

02
Jul19

Momento de Poesia

Alegria

Elevador da Bica

  Da Bica é o teu nome

Nome que te fica bem

Por ti passou o Farinha

E outros fadistas também.

 

 És um pé do Bairro Alto

Uma artéria do coração,

Por ti passa tanta gente

Quando ouvir o fado vão.

 

 

De São Paulo fazes a viagem

Para ver Santa Catarina,

E ouvires os pregões

De qualquer uma “Varina”.

 

 

Ainda te lembras de mim

Pois eu em ti viajei

Morei ao perto de ti

Ao pé de ti trabalhei.

 

 João Rodrigues

 

Elevador da Glória

 

 Da Glória te vão chamando

Por teres fama de altaneiro

Nesse tão íngreme asfalto;

E Subindo e dia inteiro

A caminho do Bairro Alto.

 

Levando toda a gente

Dos Restauradores até lá cima

Para ouvir o velho fado

Cada um com a sua rima

Fica o povo encantado.

 

São Pedro d’Alcântara espera

De braços bem abertos com alegria

A tua chegada sempre carregando

As pessoas que no dia-a-dia

Nesta cidade vão passeando.

 

És uma ponte de transporte

Entre Bairro Alto e Restauradores

Que ligas com muita sabedoria;

Fadistas, povo e doutores

Que tranbordam de alegria.

João Rodrigues

 

Elevador do Lavra

 Do largo da Anunciada

Até junto do Torel;

Sobe o elevador do Lavra

Sem precisar de cordel.

 

Elevador de muita fama

Em ti tenho vaidade;

Vens do campo de Santana

Até à Avenida da Liberdade.

 

Para cima sobem estudantes

Para baixo descem doutores;

E em ti os teus viajantes

Vão encontrando seus amores.

 

Subindo ou descendo a ladeira

Deste bairro tão lisboeta;

Vais ajudando sem canseira

Os viajantes na sua meta.

 

 

João Rodrigues

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Favoritos

Links

  •  
  • Arquivo

      1. 2019
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2018
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2017
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2016
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2015
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2014
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2013
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2012
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2011
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2010
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2009
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2008
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2007
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2006
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D