Sábado, 16 de Abril de 2016
Anedotas

Advogado malicioso

Em uma noite chuvosa, dois carros se chocam em uma estrada. Um pertencia a um advogado, o outro a um médico. Ao sair de seu automóvel, o médico, preocupado, se dirige ao carro do advogado e pergunta se ele está ferido, examina-o brevemente e constata não haver nada de grave. Só então os dois passam a verificar o estado dos carros e como se deu a batida. Chegam a conclusão de que não havia como escapar do acidente na situação em que tinha acontecido: a estrada estava molhada, escura e mal sinalizada. Como, todavia, o advogado já tinha ligado para a policia rodoviária, resolveram ficar esperando enquanto a viatura não chegava, para avisar aos policiais que cada um ia assumir seus prejuízos. Conversa vai, conversa vem, o advogado vai ficando íntimo do médico e até lhe oferece uísque. O médico aceita, bebe três goles longos e pergunta: - 'E você, amigo, não vai beber?' O advogado responde: - 'Só depois que a policia chegar'.

 

Condução exemplar

 

Num carro ia um homem, a mulher e a sogra que era meio surda. O homem olha pelo retrovisor e repara que está a polícia a seguí-lo. O gajo abranda logo e guia o melhor que pode. A polícia segue-o durante um bom bocado e depois manda-o encostar. Pergunta o homem muito aflito: - Então Sr. Guarda, há azar? Fiz alguma asneira? - Não, não ... O Sr. ia a conduzir muito bem, e por isso o vínhamos a seguir, fique sabendo que acaba de ganhar o prémio de melhor condutor da semana. O prémio é de 500 euros. Já tem alguma ideia do que vai fazer com esse dinheiro? - Bem, com os 500 euros já devia dar para comprar a carta, não? Diz a mulher: - Sr. guarda, não lhe ligue que ele está bêbado... Diz a sogra: - Eu não vos dizia que isso de andar a conduzir carros roubados ainda nos ia trazer chatices?

 

publicado por Alegria às 21:53
link do post | comentar | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Setembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
.posts recentes

. Curiosidades

. Album de Sabedoria

. Momento de Poesia

. Momento de Poesia

. Momento de Poesia

. Momento de Poesia

. Momento de Poesia

. Momento de Poesia

. Momento de Poesia

. Momento de Poesia

.arquivos

. Setembro 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Dezembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Março 2014

. Janeiro 2010

. Fevereiro 2008

. Novembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

.favoritos

. Momento de Poesia

.links
contador de visitas gratis
Contador de Visitas
blogs SAPO
.subscrever feeds