Quinta-feira, 14 de Janeiro de 2016
Anedotas

Morrer de Velhice

 

Condenado à morte, um soldado francês implorou a Napoleão que lhe perdoasse.

— Não posso consentir no que me pedes — respondeu o imperado

— Senhor, confesso ter perpetrado o crime de que me acusam e reconheço que devo ser castigado; mas o género de morte que me destinais é horroroso.

— Sendo só isso o que te inquieta, poderei conceder-te um favor.

— Qual, senhor?

— Escolheres a maneira como preferes acabar a vida.

— Mil vezes obrigado, senhor. Aceito.

— Escolhe: como queres morrer?

— De velhice.

 

O Cinto da Castidade

O Rei Artur estava pronto para ir para as Cruzadas. Antes de partir, vai ver o

mago Merlin e pede-lhe para fabricar o melhor cinto de castidade que pudesse.

Isso para que nenhum cavaleiro atentar contra a virtude de sua linda esposa.

No dia seguinte, Merlin volta com um cinto que, contrariamente a todas as expectativas do Rei Artur, possui um buraco exatamente onde não deveria ter...

* Merlin!!! - berra o Rei – Estás a gozar comigo?

* Observe, Majestade, - diz o Mago, mostrando uma pequena guilhotina com

uma lâmina afiada - ela funciona assim que se introduz algo no buraco...

* Excelente! Realmente excelente.

Traga-me a Rainha, para que possamos instalar a geringonça!

Três anos depois, Artur volta das Cruzadas. Ao chegar a Camelot, convoca

todos os cavaleiros:

* Vamos lá! Baixem as calças, é o exame médico!

Todos os cavaleiros alinham-se em frente ao Rei e baixam as calças.

Para horror e estupefação do Rei, todos estão amputados!!!

Todos, exceptoo fiel Lancelot.

O Rei, vendo que seu fiel amigo não o traiu, agarra-o pelos ombros e diz:

* Lancelot, estou orgulhoso de ti. Enquanto nenhum dos outros resistiu

à tentação de dormir com a Rainha, conseguiste domar os teus impulsos.

Por isso, concedo-te o que quiseres. Faz a tua escolha.

Mas Lancelot ficou mudo...

* Que foi, Lancelot? Perdeste a língua?!

publicado por Alegria às 21:35
link do post | comentar | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Setembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
.posts recentes

. Curiosidades

. Album de Sabedoria

. Momento de Poesia

. Momento de Poesia

. Momento de Poesia

. Momento de Poesia

. Momento de Poesia

. Momento de Poesia

. Momento de Poesia

. Momento de Poesia

.arquivos

. Setembro 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Dezembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Março 2014

. Janeiro 2010

. Fevereiro 2008

. Novembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

.favoritos

. Momento de Poesia

.links
contador de visitas gratis
Contador de Visitas
blogs SAPO
.subscrever feeds