Segunda-feira, 29 de Fevereiro de 2016
Anedotas

 

No Baile

 

Num baile na provincia, um rapaz que andava a dançar muito

agarradinho à moça, chegou ao balcão das bebidas e pediu:

- Um copinho de aguardente

Dois copinhos de aguardente,

Estas moças de hoje em dia

Fazem um homem andar quente.

O irmão da moça, não gostou da conversa e retorquiu:

Um copinho de licor

Dois copinhos de licor,

Levas um soco nas ventas

Passa-te já o calor

O alentejano e o gato

 

Um Alentejano queria livrar-se dum gato. Levou-o até uma esquina distante e voltou para a casa. Quando chegou a casa, o gato já lá estava. Levou-o novamente, agora para mais longe. No regresso encontrou o gato novamente em casa. Fez isso mais umas três vezes e o gato voltava sempre para casa. Furioso pensou: “Vou lixar este gato!” Pôs-lhe uma venda nos olhos, amarrou-o dentro de um saco e colocou-o na mala do carro. Subiu a serra mais distante, entrou e saiu de diversas estradinhas, deu mil voltas… e acabou por soltar gato no meio do mato. Passados uns dois dias, o alentejano liga para casa. – Tá, Maria? O gato já chegou? – Sim… – Ainda bem, deixa-me falar com ele porque eu estou perdido…

 

publicado por Alegria às 18:50
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2016
Anedotas

Hoje não, querido!

 

Entre casadinhos de fresco.

- Hoje não, querido.

- Porquê?! – Pergunta espantado o marido.

Explica a mulher:

- Veio-me o periodo…

E canta o marido:

- Então: Pa…ra…béns a você…

Curiosa pergunta a mulher:

- Porque é que estás a cantar isso?!

E responde o homem:

- Porque hoje é dia de ânus…

 

Lê do Outro Lado

 

Sabem como é que se entretém uma loira durante horas e horas?

É só entregar-lhe um papel com "lê do outro lado" escrito de ambos os lados.

 

Isto não Tem Venda

 

Num pub londrino, um grande bebedor apostou em como seria capaz de reconhecer, com os olhos vendados, qualquer bebida que lhe dessem. A aposta foi aceite. O barman serviu-lhe tudo o que podia existir em bebidas alcoólicas e ele, de cada vez, identificava-as, com a maior facilidade.

Descontrolado, o barman dá-lhe, então, um copo de água pura. Engole um trago, faz uma careta, e depois confessa:

— Não descubro o que seja. Em contrapartida, posso garantir-lhe uma coisa: isto não tem venda!

publicado por Alegria às 21:26
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 24 de Fevereiro de 2016
Anedotas

Chegar Tarde a Casa

 

Dois bêbados fazem confidências entre dois copos de vinho tinto:

— Que diz a tua mulher quando chegas muito tarde a casa?

— Eu não tenho mulher!

— Então porque vais tarde para casa?

 

Cem Euros

 No tribunal:

— Acusado, escolha entre as duas penas — ou dois dias de prisão, ou 100 euros.

O réu, muito ligeiro, estendendo a mão:

— Aceito os 100 Euros.

 

Champô para cabelos secos

 

O alentejano virou-se para a esposa e pede:

Maria prepara uma roupa que vou tomar banho para ir tratar de negócios.

A mulher prepara a roupa, põe-na na casa de banho e o Manel foi tomar banho.

Põe a agua a correr, começa a tomar banho, mas entretanto grita pela esposa:

- Maria traz-me o champô pôrra.

Ó Manel o champô está aí na casa de banho.

Ai! Maria este champô é para cabelos secos e eu já molhei a cabeça.

 

 

publicado por Alegria às 20:31
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 22 de Fevereiro de 2016
Anedotas

Imitação de Lobo

 

A professora pergunta aos alunos quem é capaz de imitar vozes de animais. Um dos meninos levanta-se e diz que não sabe, mas que o avozinho imita perfeitamente um lobo.

— Isso não pode ser, menino. Agora o seu avô fazer tal e qual o lobo.

— Já lhe disse, senhora professora. E estou a falar verdade.

No dia seguinte aparece com o avô na escola, apresenta-o à professora, e, chegando a boca ao ouvido do avô, pergunta-lhe:

— Ó avô: há quanto tempo que não papas uma boa garota?

O avô: HUUUUUUU!

 

Loira Francesa

Em Paris, um menino chegou a casa a chorar, depois de sair da escola. A mãe, uma bonita e loira francesa, incomodada, perguntou-lhe , o que é que você tem, meu filho ? . Tive zero a geografia, mamã... Zero ? Mas zero porquê ? Não soube dizer onde fica Portugal . Portugal? Você não sabe? Que tolo, passe-me aí o mapa da França. E a mãe, loura, francesa, e bonita, mas fula, procurou, procurou... Oh! Meu Deus, este mapa não é suficientemente pormenorizado; passe-me o mapa da região. E a mãe, uma loura, francesa, e " muito boa ", procurou, procurou... Também nada neste mapa, passe-me o mapa do departamento. E a mãe, loura, francesa, e boa até dizer chega, procurou, procurou... - Merde ... Portugal não pode ficar muito longe. A empregada é portuguesa e vem trabalhar todos os dias de bicicleta ! ! !

 

publicado por Alegria às 18:29
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 6 de Fevereiro de 2016
Anedotas

 

Conselhos de Judeu

Um rapaz saia com uma rapariga judía e queria casar com ela, mas para isso

precisava da autorização do pai. Ao ir a casa dela o pai explicou-lhe:

Nós somos judeus e temos uma forma peculiar de fazer as coisas. Se te quiseres

casar com a minha filha tens que passar uma prova. Toma esta maçã e volta

amanhã.

O tipo saiu alucinado de casa. No dia seguinte voltou.

Muito bem ,disse o pai, que fizeste com a maçã?

Comi-a. Tinha fome.

O pai replicou:

Muito mal! Nós judeus descascamos a maçã e com a casca fazemos um delicioso

licor. Partimos em duas e damos metade aos pobres e a outra repartimos com a

nossa familia. Metade das sementes vendemos no mercado e a outra metade, quando

tivermos mais, plantamos. Já viste como somos? Bom, vou-te dar outra

oportunidade. Toma este chourição e volta amanhã.

O tipo saiu fodido da cabeça e voltou no dia seguinte.

Então, que fizeste com o chourição?

Com o fio fiz uns cordões para os meus sapatos. Com a etiqueta (chapa) fiz uma

coisinha para pôr no fio da sua filha. Parti o chourição a meio e em rodelas

e metade dei aos pobres e a outra metade reparti com a familia.

Muito bem! E que fizeste com a pele?

Com a pele fiz um preservativo e dei uma queca na sua filha. Trago-lhe aqui o

leite para fazer um galão!

 

Ferrar o Burro

 

O dono do burro, para o ferrador:

— Há três horas que estou à espera!

— Primeiro, ferro os cavalos. Depois os burros, que é o seu caso.

publicado por Alegria às 17:45
link do post | comentar | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Setembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
.posts recentes

. Curiosidades

. Album de Sabedoria

. Momento de Poesia

. Momento de Poesia

. Momento de Poesia

. Momento de Poesia

. Momento de Poesia

. Momento de Poesia

. Momento de Poesia

. Momento de Poesia

.arquivos

. Setembro 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Dezembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Março 2014

. Janeiro 2010

. Fevereiro 2008

. Novembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

.favoritos

. Momento de Poesia

.links
contador de visitas gratis
Contador de Visitas
blogs SAPO
.subscrever feeds