Segunda-feira, 28 de Setembro de 2015
Anedotas

A Lona

 

Uma morena e uma loira estão no telhado de um edifício em chamas.

Uns miúdos seguram uma lona e gritam:

- Saltem! Saltem!

A morena salta, mas no último momento os miúdos afastam a lona e ela morre.

Os miúdos gritam para a loira:

- Salte! Salte!

- Não, não! Não confio em vocês!

- Vá lá! Desta vez nós não tiramos a lona do sítio! Salte!

- Então... Só se pousarem a lona no chão e se se afastarem!

 

O Advogado e o Padre

O padre precisava com urgência de dinheiro para as obras assistenciais da paróquia e resolve ligar para o advogado famoso da região,

homem rico, porém muito pão-duro. - Muito bem - responde o advogado, após ouvir o discurso do pároco

- o senhor parece conhecer muito bem meu patrimônio e minha renda, mas com certeza desconhece outros detalhes da minha vida.

O senhor sabe, por acaso, o valor do tratamento de minha filha excepcional?

- Pergunta o advogado. - Hmmm, não, não sei... - responde o padre, constrangido.

- E o senhor sabe, por acaso que eu tenho também um filho cego e tetraplégico?

- Prossegue o advogado. O padre não consegue nem falar, tamanho o constrangimento.

- E o senhor sabe também - continua o advogado, já muito irritado

- que o marido da minha irmã morreu num acidente de trânsito deixando-a com três filhos e sem um tostão?

- Desculpe, realmente não sabia... - diz o padre, morrendo de vergonha.

- E você acha que se eu não dou um tostão para eles, vou dar para suas obras?

publicado por Alegria às 20:45
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 26 de Setembro de 2015
Anedotas

 

 

 

A Aposta

 

Depois do trabalho, uma loira e uma ruiva encontram-se num bar para uma bebida e estavam a ver as notícias das 7.

Uma das notícias mostra um homem que ameaça saltar da Ponte sobre o Tejo.

A loira aposta 100 euros com a ruiva como o homem não saltará da ponte. A ruiva aceita a aposta.

O homem, no entanto, acaba mesmo por saltar da ponte e a loira teve de dar os 100 euros à ruiva.

A ruiva diz que não pode aceitar o dinheiro, admitindo que já tinha visto esta notícia no noticiário das 5.

A loira responde que uma aposta é uma aposta, e que também tinha visto esse noticiário.

Só que nunca esperou que o homem saltasse outra vez…

 

O Concurso

 

Estavam duas loiras a conversar quando uma diz assim:

- Olha lá. Já participaste num concurso?

E responde a outra loira:

- Eu não e tu?

E a primeira com ar feliz:

- Eu já e ganhei!

- Elahh… E ganhaste o quê? – Pergunta a amiga.

Desvalorizando a primeira loira:

- Um carro com 2 km. Mas não fiquei com ele…

- És parva ou quê? Não ficaste com ele porquê?! – Continuou a amiga.

E responde a loira:

- Hellooooo! Um carro com 2 km… Onde é que eu o ía estacionar?

publicado por Alegria às 20:55
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 25 de Setembro de 2015
Anedotas

 

Casamento no Céu

Um casalinho seguia no seu automóvel para a igreja onde iam casar quando são abalroados por um camião e morrem ambos.

Vão para o céu onde são recebidos por S.Pedro a quem perguntam se não seria possível casarem no céu já que não o tinham feito na terra.

S.Pedro disse que sim e que trataria pessoalmente de satisfazer tão nobre pedido.

Passaram 3 meses e nada! Foram ter com S.Pedro e perguntaram-lhe o que se passava, ao que ele respondeu:

– Não se preocupem, pois eu estou a tratar do assunto, não está esquecido.

Passaram-se 2 anos e casamento, nicles! S.Pedro, uma vez mais, assegurou-lhes que estava a tratar do assunto. Finalmente, passados 20

anos, vem S.Pedro a correr com um padre e dirige-se ao casalinho:

– Vamos, chegou a hora!

Fez-se o casamento e foram felizes durante algum tempo, mas passados uns meses foram ter com S.Pedro e disseram-lhe que as coisas não

estavam muito bem e que pretendiam divorciar-se.

– Pode conseguir-nos isso aqui no céu?

E S.Pedro responde:

– Estão a brincar comigo ou quê? Levei 20 anos a encontrar um padre aqui no céu. Como é que vou agora encontrar um advogado

 

Eu quero a Natália....

A Madame abre a porta do bordel e encontra um velhinho vestido com roupa modesta.

- 'Diga ?' , pergunta ela.

- 'Eu quero a Natália', respondeu o velhinho.

- 'Caro senhor, a Natália é uma das nossas melhores 'meninas' mais caras.

Talvez eu lhe possa apresentar alguma outra...'

- 'Não, eu quero a Natália!', insiste o velhinho.

Então a Natália aparece, um espectáculo de mulher, em saltos altos, corpete, meias e cinto de ligas e diz ao velhinho que o preço é de 500 Euros por visita.

O velhote nem pisca e, tirando o dinheiro da carteira, diz que tudo bem.

Então ela leva-o para o quarto onde ele passa uma hora inesquecível, com sexo louco como nunca tinha tido.

Na noite seguinte, o velhinho aparece novamente e chama pela Natália.

Ela estranha, diz que nenhum cliente dela veio duas noites seguidas e que ela não faria nenhum desconto pela fidelização.

O velhinho tira mais 5 notas de 100 euros e entrega à rapariga, que o leva para o quarto onde a sessão se repete, ainda melhor que no dia anterior.

Na noite seguinte, ninguém acredita: Mais uma vez o velhote entrega o dinheiro à moça, e tornam a ir para o quarto.

Depois da hora que passaram juntos, Natália não resiste e pergunta ao velhinho:

- 'Ninguém usou os meus serviços três noites seguidas porque sou a melhor desta casa e levo muito caro.

- 'De onde é o senhor? '

- 'Sou de Cuba, no Alentejo! ', responde o velhinho

- 'Sério? Eu tenho uma irmã que mora em Cuba!'

- 'Eu sei, foi ela que me pediu para lhe entregar os 1500 Euros.'

 

publicado por Alegria às 21:02
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 24 de Setembro de 2015
Anedotas

Limpe os Pés

 

Uma formiga, um gafanhoto e uma centopeia decidiram reunir-se na casa da formiga.

A formiga e o gafanhoto esperaram pela centopeia mais de uma hora. Finalmente, ela aparece a suar em bica.

— Por que razão demoraste tanto tempo a chegar? — perguntam os amigos.

— É que está lá fora um cartaz que diz: «Limpe os pés.»

 

Num baile na provincia, um rapaz que andava a dançar muito

agarradinho à moça, chegou ao balcão das bebidas e pediu:

- Um copinho de aguardente

Dois copinhos de aguardente,

Estas moças de hoje em dia

Fazem um homem andar quente.

O irmão da moça, não gostou da conversa e retorquiu:

Um copinho de licor

Dois copinhos de licor,

Levas um soco nas ventas

Passa-te já o calor

 

publicado por Alegria às 21:11
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 18 de Setembro de 2015
Anedotas

Ida ao motel

 

Um tipo leva a amante a um motel e ao chegar lá vê o carro do sogro estacionado »a porta.

Com que então o malandreco do meu sogro também anda na má vida!

Vou dar-lhe uma lição.

E resolveu roubar-lhe o rádio e fazer alguns riscos na pintura.

No dia seguinte liga para o sogro e encontra-o furioso; com calma pergunta-lhe o motivo

de tão grande aborrecimento ao que este responde:

Porque é que eu não hei-de estar furioso com o que me aconteceu?

Emprestei o carro à tua mulher para ir à igreja e não só roubaram o rádio como ainda

riscaram a pintura toda.

 

 

Num baile na provincia, um rapaz que andava a dançar muito

agarradinho à moça, chegou ao balcão das bebidas e pediu:

- Um copinho de aguardente

Dois copinhos de aguardente,

Estas moças de hoje em dia

Fazem um homem andar quente.

O irmão da moça, não gostou da conversa e retorquiu:

Um copinho de licor

Dois copinhos de licor,

Levas um soco nas ventas

Passa-te já o calor

 

publicado por Alegria às 18:40
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 17 de Setembro de 2015
Anedotas

A Mosca Morta

 

Na escola, pergunta o professor:

— Se estiverem dez moscas sobre a mesa e o menino matar uma, quantas ficam?

Responde o aluno:

— Fica só uma senhor professor, porque as outras fogem.

 

A Lua e a China

 

O professor pergunta:

— Qual fica mais longe — a Lua ou a China?

— A China, senhor professor.

— Muito bem! Muito bem. Vejo que o senhor aprendeu tudo... Então diga porque é que a China fica mais longe.

— É porque a Lua, eu posso vê-la; mas a China não.

 

Dez Euros por Semana

 

— Ouve, Isaac: as tuas notas na escola não são brilhantes. Se eu fosse como os outros pais, castigava-te duramente

. Mas não. Vou fazer um contrato contigo: sempre que me mostrares uma nota boa, dou-te vinte euros.

No dia seguinte, o pequeno Isaac vai ter com a professora e diz-lhe:

— Está interessada em ganhar dez euros por semana?

 

publicado por Alegria às 20:58
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 13 de Setembro de 2015
Anedotas

 

O doido, no hospital:

 

— Senhor director: Já sei que estou curado e venho pedir alta.

— Tu sabes qual era a tua mania? Sabes mesmo que estás curado?

— Sei que tinha a mania que era milho. Mas hoje sou uma pessoa como outra qualquer.

— Bem. Então o que é que vais fazer lá fora?

— Senhor director... eu vou trabalhar, vou constituir família, vou fazer uma vida igual à dos outros homens.

— E achas que já te encontras em condições de fazer uma vida normal?

— Fique descansado, senhor director. Sinto-me completamente curado.

— Bem. Vou-te dar alta. Aqui tens o papel assinado.

O doido vai já à porta do gabinete, quase a sair, volta-se para trás e diz:

— Agradecia-lhe só mais um favor.

— O que é?

— É que avise as galinhas, lá em baixo, no pátio, porque elas não sabem de nada.

 

Cem Euros

 

No tribunal:

— Acusado, escolha entre as duas penas — ou dois dias de prisão, ou 100 euros.

O réu, muito ligeiro, estendendo a mão:

— Aceito os 100 Euros.

publicado por Alegria às 22:36
link do post | comentar | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
.posts recentes

. Momento de Poesia

. Momento de Poesia

. Momento de Poesia

. Momento de Poesia

. Momento de Poesia

. Momento de Poesia

. Momento de Poesia

. Momento de Poesia

. As más companhias

. O Fontanário

.arquivos

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Dezembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Março 2014

. Janeiro 2010

. Fevereiro 2008

. Novembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

.favoritos

. Momento de Poesia

.links
contador de visitas gratis
Contador de Visitas
blogs SAPO
.subscrever feeds